terça-feira, 31 de maio de 2011

Cinema com Rapadura

Cinema no teatro
MAIS TRADICIONAL FESTIVAL DE CINEMA DO ESTADO SERÁ REALIZADO EM JUNHO, DESTA VEZ NO THEATRO JOSÉ DE ALENCAR
O ano de 1991 foi marcante para os cinéfilos de Fortaleza. A Vídeo Mostra Fortaleza surgiu no panorama cultural da cidade com o objetivo de exibir obras de cineastas locais. Quatro anos depois, já era uma mostra nacional e logo adotou o nome Cine Ceará - Festival Nacional de Cinema e Vídeo. Mais conhecido hoje como Cine Ceará - Festival Ibero-americano de Cinema, a 21ª edição do tradicional festival terá a temática Religião e Religiosidade de 8 a 17 de junho.

Realizado nos últimos anos no Cine São Luiz, o palco muda para o Theatro José de Alencar. Em entrevista ao Cinema com Rapadura, o diretor do Cine Ceará, Wolney Oliveira, apontou as vantagens do novo local. "É acusticamente melhor, teve todo o sistema de condicionador de ar renovado, possui um centro de convivência por meio dos jardins de Burle Marx, oferecendo mais segurança por estar inserido dentro do Theatro e ainda comporta no mínimo 800 pessoas", contou.

O evento levará ao público cearense mais de 100 produções de cinema e vídeo brasileiras e ibero-americanas, promovendo o intercâmbio entre profissionais de audiovisual e abrindo espaço aos novos talentos da área. O Cine Ceará promove durante sua programação as Mostras Competitivas de Curta e Longa metragem e ainda seminários, oficinas e mostras especiais, além de homenagear profissionais e personalidades de renome nacional e internacional na área do audiovisual.

A lista de longas-metragens selecionados para Mostra Competitiva é composta por nove produções, todas inéditas no Brasil, sendo três nacionais: "O Coro", de Werner Schumann, escolhido como filme de abertura do festival; e dois filmes cearenses, "Homens com Cheiro de Flor", de Joe Pimentel; e "Mãe e Filha", de Petrus Cariry. Já a Mostra Competitiva de Curta Metragem, com produções nacionais, contará com 12 concorrentes.

"Ainda será feita uma exibição hors concours de ´Os Últimos Cangaceiros´, meu terceiro longa metragem que marca sua estreia mundial no 21º Cine Ceará", completou Wolney sobre a programação do Cine Ceará, que terá também a Mostra Estela Bravo, um dos grandes nomes do documentário internacional, que irá lançar seu último média-metragem "Operação Peter Pan: Fechando o círculo em Cuba".

Outra novidade é que a programação terá entrada gratuita em Fortaleza, entre os dias 9 a 14 de junho (os dias 8 e 17 serão abertos apenas para convidados), o que facilita o acesso ao evento. Wolney lembra que a doação de alimentos ainda é preocupação do festival. "A Associação Cultural Cine Ceará irá adquirir uma quantidade de alimentos e doar às entidades que receberam os donativos nas edições anteriores".

O Festival acontece pela primeira vez em duas sedes, homenageando os 100 anos de emancipação política de Juazeiro do Norte, conquistada por meio do trabalho social, religioso e político realizado pelo Padre Cícero na região do Cariri. Em Juazeiro, o Festival será realizado nos dias 9 a 16 de junho, no Memorial Padre Cícero e no Centro Cultural Banco do Nordeste - Cariri, com uma parte da programação de Fortaleza. Para mais informações, basta acessar o site do evento: http://www.cineceara2011.com/.
O criador
O cineasta cearense Wolney Oliveira é graduado em Administração de Empresas pela Universidade Estadual do Ceará e especializado em Cinema e Televisão na Escola Internacional de Cinema e Televisão, em Cuba. Hoje, atua como diretor da Casa Amarela Eusélio Oliveira, da UFC, e é o diretor executivo do festival Cine Ceará. Com vários prêmios e produções em sua carreira, estreou seu primeiro longa de ficção no 17º Cine Ceará, "A Ilha da morte", uma coprodução entre Brasil, Cuba e Espanha. Em exibição hors concours, Wolney apresentará "Os Últimos Cangaceiros", seu primeiro documentário em longa metragem sobre o cangaço.

Em Jeri
A 2ª edição do Festival de Jericoacoara - Cinema Digital está confirmada entre os dias 15 e 21 de junho. O evento reunirá 50 filmes independentes brasileiros, de até 15 minutos de duração, produzidos com tecnologia digital, e selecionados em meio a 218 obras.

Em Canoa
Outra praia em que o cinema será foco é Canoa Quebrada. Terminam hoje as inscrições para o Curta Canoa, agendado para os dias 10 a 17 de setembro. Podem se inscrever filmes e vídeos com duração máxima de 20 minutos, concluídos no ano de 2009.

Exibição
Nesta quarta (dia 1º) serão exibidas sessões gratuitas do filme cearense "O Auto da Camisinha", no Centro Cultural de Horizonte. Após as exibições, terá debate com o diretor do filme, Clébio Viriato, e um dos protagonistas, o ator Carri Costa.

Anima Mundi
Entre 1.500 inscrições nacionais e internacionais, o curta de animação "Pin & Guin", produzido pelos alunos do projeto Cine Coelce, foi selecionado para o festival mundial de filmes de animação Anima Mundi. O projeto oferece a o contato oficinas de cinema.


Panelada, serão produzidos outros "Piratas do Caribe"?
(Letícia Monteiro - São Paulo/SP)
Letícia, depois do sucesso da trilogia e da receptividade do público com o quarto filme recém lançado, a Disney já confirmou que mais dois longas serão produzidos. Aliás, parece que o roteiro de "Piratas do Caribe 5" já está pronto, mas a Disney terá que esperar um espaço na agenda de Johnny Depp.
 
Publicado originalmente: http://monologandoaqui.blogspot.com/2011/05/cinema-com-rapadura.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário