quarta-feira, 8 de junho de 2011

Circuito Sul-mato-grossense de Teatro estréia nesta quinta-feira (9)

Circuito Sul-mato-grossense de Teatro estréia nesta quinta-feira (9) para oito cidades do Estado. O circuito terá apresentação de espetáculos teatrais produzidos por grupos do Estado, onde passarão em 32 cidades durante este ano.
De acordo com a Fundação estadual de Cultura (FC-MS) promotora do evento, o objetivo principal é levar peças gratuitas a cidades que não recebem espetáculos cênicos, oferecendo, principalmente a crianças e adolescentes, a oportunidade de ter contato, pela primeira vez, com a arte teatral.
Como ainda, o projeto também estimula a cultura produzindo um desenvolvimento da arte do teatro no Estado, fomentando a formação de platéia e estimulando a criação de novos grupos.
Conforme a Fundação foram 40 espetáculos selecionados por edital, que serão levados até o mês de outubro a teatros, espaços alternativos, ruas e praças das cidades do interio.

Estréia
O Circuito passará neste mês de junho pelos municípios de Rio Brilhante, Laguna Carapã, Itaporã, Maracaju, Paranhos, Amambaí, Corguinho e Ribas do Rio Pardo. Neste primeiro momento será levando ao público quatro espetáculos: “Sob Controle”, do grupo Flor e Espinho, “O Rei que não Sabia Rir”, do Grupo Identidade Teatral, “Giramundo”, da Trupe Artes e Vida e “A Princesa Engasgada”, de Lauresto Franco Garcia.

Oportunidades
Segundo Américo Calheiros, presidente da FC-MS, o Circuito oferece a oportunidade a muitas pessoas que nunca viram um espetáculo teatral entrarem em contato com esta linguagem artística. “Ajuda a formar platéia, divulga as produções teatrais do Estado e insere os municípios do interior no circuito cultural sul-mato-grossense”, explica.

Entre 2008 e 2010 o Circuito Sul-Mato-Grossense de Teatro esteve presente em 41 municípios do Estado, somando um público de 39.850 pessoas em apresentações de grupos da Capital e do Interior.

“O Circuito possui uma relevância muito grande dentro da arte teatral do Estado por estimular os grupos de Campo Grande a difundirem o trabalho no interior, ajudar os grupos do interior a desenvolver o teatro nas cidades, viabilizar a troca de experiências entre os artistas e o que é muito importante, para a formação de um novo público, o que é mais gratificante”, explica o ator e diretor Vitor Hugo Samudio, do grupo Mercado Cênico, da Capital.

Confira a programação do Circuito para junho

9 de junho

Rio Brilhante
Sob Controle
Local: Praça Doutor Boaventura, a partir das 18 horas

Laguna Carapã
O Rei que não sabia Rir
Local: Centro do Idoso, às 19 horas

10 de junho

Itaporã
O Rei que não Sabia Rir
Local: Salão do Projeto Conviver, 18 horas

11 de junho

Maracaju
O Rei que não Sabia Rir
Local: parque de Exposições, 15h20

21 de junho

Paranhos
Giramundo
Local: Quadra da Telems, às 15h30

22 de junho

Amambaí
Giramundo
Local: Praça Valencio de Brum, às 17h30

24 de junho

Corguinho
A Princesa Engasgada
Local: Praça Matriz, às 19 horas

25 de junho

Ribas do Rio Pardo
A Princesa Engasgada
Ginásio Municipal Miguel Sanches Vigilato, às 16 horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário